MODOS INACABADOS DE MORRER - ANDRÉ TIMM

17:03

MODOS INACABADOS DE MORRER


André Timm
Primeira Edição
2016
142 páginas
Editora Oito e Meio
ISBN 978-85-5547-035-6


 














O AUTOR

André Timm é gaúcho de Porto Alegre, radicado em Santa Catarina. Seu livro InsôniaI (Design Editora, 2011), foi Menção Honrosa no Prêmio SESC de Literatura. Modos Inacabados de Morrer,  seu primeiro romance, foi vencedor da Maratona Literária da editora Oito e Meio na categoria prosa. Mantém o site 2 mil toques, projeto autoral em que convida escritores a compartilharem suas rotinas e processos ligados à produção literária.

 


SINOPSE
"Você sabe o que é ter treze anos, e vivenciar as asperezas da escola, e se apaixonar pela primeira vez, e ter um corpo que não lhe pertence completamente, que nem sempre obedece ou acomoda. Por isso, enquanto Santiago, o protagonista de 'Modos inacabados de morrer', não consegue se habitar de todo, premiado na loteria da vida com a inadequação extra da narcolepsia, nós, os leitores, vamos entrando na intimidade dessa juventude que todos encontramos em nós. Capturados pelo ritmo da narrativa, pelas delicadezas deste romance de formação e também pela escolha do autor, saborosa e ainda um tanto rara, de contar a história na segunda pessoa. Aqui, o livro bebe do Bildungsroman moderno e das narrativas contemporâneas que também elegem esta perspectiva narrativa, dialogando, por exemplo, com um dos melhores contos de David Foster Wallace de uma maneira bem íntima. Entranhados neste 'você' que é outro e é nosso, somos carregados cada vez mais dentro da história, enquanto, para Santi, a excitação das novas experiências o arranca para fora de si. Chorar, sentir medo, nadar, até rir pode lhe roubar o controle, apagar sua luz. Pode também deixá-lo à mercê da narrativa dos outros, com suas violências. Com seu perigo. O entrelaçamento das vidas dos personagens vai se desvelando no tempo e nos modos do amadurecimento: devagar e veloz, e sempre com impacto. O autor renova a tensão na mesma constância e regularidade com que o mar lança suas ondas. Sem descanso. Saímos banhados, encharcados de vida." - Moema Vilela


RESENHA

Narcolepsia. Esse é a primeira dificuldade. Conhecer o termo é um ponto de partida para entender Santiago, o protagonista desse livro que inicia com um prólogo impactante - pela profundidade com que  nos faz mergulhar na vida de Santiago - e inusitado, pela narrativa em segunda pessoa, fato que faz com que o leitor mergulhe na história, como se estivesse visualizando a própria trajetória de vida.
André Timm nos apresenta uma trama cheia de surpresas e revelações. Nos coloca diante da possibilidade de perdermos totalmente a consciência, sem lembrança alguma do que nos acontece enquanto estivermos desacordados.
Há coerência na trama e tudo vai tomando forma, crescendo, conforme os acontecimentos aparecem para os personagens. Os poucos diálogos são bem construídos e o final é algo a ser digerido nos dias subsequentes à leitura.
O que dá ao livro Modos Inacabados de Morrer uma porção de estrelas, não é apenas o que acabei de citar, mas também e principalmente a forma precisa das descrições que André constrói ao longo da narrativa. Há momentos em que é necessário parar a leitura, a fim de recuperar o fôlego. A tensão cresce de forma gradual, em uma linha ascendente, a respiração se altera, os músculos ficam tensos, os dentes rangem, até o ponto em que tudo o que foi dito se desconstrói e é  possível sentir o alívio com os desfechos das cenas.
André Timm mostra-se cuidadoso com as palavras. Cada uma, com certeza, escolhida a dedo, para que o leitor consiga visualizar o sofrimento de Santiago, as dúvidas, os desejos, o medo, a paixão, a angústia, a solidão, o desespero, enfim, cada elemento que acompanha o protagonista até o final da história.
Por tudo isso, leia devagar. Saboreie as descrições, tome fôlego e prossiga.
Uma ótima leitura para iniciar abril.

Para conhecer o autor >>> AQUI
Para conhecer o projeto 2 mil toques de André Time >>> AQUI
Para comprar o livro >>> AQUI e AQUI

Publicações que possam lhe interessar

2 comentários

  1. Gosto das resenhas que você faz. Sempre acrescento livros na minha lista por causa delas. E com essa, o livro do André que já estava na lista de desejo, ficou lá no topo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      É bom saber que acerto na forma como comento os textos.
      André é um escritor super talentoso.
      Beijos.

      Excluir